A doninha no Hard Club

Doninha

Escondida mas com o rabo de fora

Os Da Weasel vão esta sexta-feira ao Hard Club, em Gaia ajudar à festa de anos do local e fazer a despedida da digressão de apoio a Podes Fugir mas Não te Podes Esconder. E já estão a trabalhar no novo álbum,

 

Sexta-feira, dia 19, o Hard Club, de Gaia, faz anos. E os convidados especiais para o apagar das velas são os Da Weasel, que estão a preparar para o ocasião um concerto diferente daquele que têm apresentado nos últimos dois anos. A banda almadense vai revisitar os temas de todos os álbuns até ao mais recente Podes Fugir mas Não te Podes Esconder e contar com a presença de alguns convidados – Sam (A Voz), João Gomes(teclista dos Cool Hipnoise e Spaceboys), um duo de giradisquistas (os Kebradiscos) e ainda mais um ou dois convidados-supresa.

O baixista do grupo, João Nobre (aka Jay-Jay Niege ou Doninha-Pêlo.Preto), considera que a reacção popular ao último álbum e à digressão “excedeu todas as nossas melhores expectativas. O disco é ouro, está quase na platina, e fizemos uma digressão muitíssimo extensa – mais do que estávamos à espera -, indo tocar aos sítios mais recônditos. Foi muito cansativo, mas muito positivo”.

A festa de encerramento da digressão. no Hard Club, é, portanto, mais que merecida. Diz Nobre que, “neste concerto, vamos tentar revisitar alguns concertos que já lá demos, e com alguns convidados que entraram em discos nossos anteriores, como o Sam e o João Gomes. Além de termos alguns convidados-surpresa como os Kebradiscos, dois DJs cujo nome não pode ser revelado, e ainda estamos a tentar outros…”.

Os Da Weasel já iniciaram a pré-produção do novo álbum, há alguns temas compostos e muitas ideias no ar. Segundo Nobre, “o próximo álbum serguirá a linha e o som dde sempre dos Da Weasel. Mas, à semelhança do Podes Fugir mas Não te Podes Esconder, terá um som muito mais orgânico, vamos recorrer quase a 100% aos instrumentos e não às máquinas e samples. E vamos vaguear pelas nossas influências todas”. Durante a gravação, que ainda não tem data marcada – “vamos tentar entrar o mais rapidamente em estúdio”. diz o Nobre -, os Da Weasel vão partilhar a produção com João Martins e, em alguns temas, com outros produtores, “segundo as necessidades específicas de cada tema; e aí já poderá haver um pouco mais de maquinaria”. Desejavelmente, haverá convidados “que nós admiramos imenso”: dois ou três nomes estrangeiros e alguns nacionais, desde intrumentistas a vocalistas.

Quanto à polémica participação de Pacman, o vocalista da banda, na recente campanha publicitária da McDonald´s – e que lhe tem valido alguns comentários menos abonatórios no site dos Da Weasel e aos quais Pacman responde, com um texto, nesse mesmo site, defendendo a sua posição e revelando que “se eu vos dissesse que alguns “patrões” do underground do hip hp estavam na fila, com cachets apresentados, prontinhos a dar voz? Ficavam contentes ou desiludidos?” -, Nobre diz apenas que “não há nada para comentar”.

 

In Blitz

Partilha este artigo via:

Entra na toca da doninha.
Junta-te ao clube de fãs oficial