O Fim do 3º Capítulo – Data: 1998

DA WEASEL FECHAM 3º CAPÍTULO

Os Da Weasel encerram este mês a época dedicada ao álbum «3º Capítulo», editado no Verão de 1997, com dois concertos, o primeiro no dia 11 no Hard Club (em Gaia), o segundo no Paradise Garage (em Lisboa).

Como principal ponto de interesse, os Da Weasel apresentarão, nestes dois espectáculos, temas raras vezes interpretados ao vivo, casos de «Contador de Histórias» e «Pregos». Além destes, Pacman, vocalista dos Da Weasel, anunciou ainda a estreia, ao vivo, da versão de «Esquadrão da Morte», dos Xutos & Pontapés, a incluir no álbum de homenagem aos autores de «Contentores», actualmente em preparação.

Os espectáculos do Hard Club e do Garage, os últimos dos Da Weasel antes da edição do sucessor de «3° Capítulo», deverão incluir convidados exteriores ao projecto. embora não esteja ainda completamente definido o elenco. «Queremos fazer uma cena diferente da que fizemos no ano passado, no Ritz, mas ainda não posso adiantar nada», disse Pacman em declarações ao BLITZ. Em fase de encerramento do ciclo «3° Capítulo», o vocalista dos Da Weasel salienta, sobretudo, as actuações do grupo desde a edição do álbum. «Este foi o álbum que, até agora, nos deu mais pica. Os concertos foram os que correram melhor para a banda. a partir do “3° Capítulo” a coisa subiu muito, O Virgul, por exemplo, além da importância que teve em disco, ganhou muito protagonismo ao vivo. Puxa muito pelo pessoal e está a tornar-se num grande performer. Isso tem dado uma grande energia aos concertos. Nota-se também que há cada vez mais gente interessada numa coisa porreira do “3º Capítulo”, que são as letras, uma coisa a que dou bastante importância. Nos concertos vê-se muita gente a cantar as letras», afirmou Pacman em fase de transição entre um capitulo e outro.

Em relação aos planos imediatos dos Da Weasel. eles passam essencialmente pela pré-produção do próximo álbum. ainda «em fase embrionária». Apesar desse facto, Pacman afirmou tratar-se do primeiro álbum dos Da Weasel de índole conceitual, embora pouco tenha adiantado sobre o concerto, alem de que «roda tudo à volta da simplicidade».

O disco será idealmente editado em Abril de 1999. confirmando Pacman a possibilidade de este vir a ser produzido por um nome estrangeiro. «A primeira hipótese é mesmo um produtor estrangeiro», adiantou o vocalista ao BLITZ

In Blitz

Partilha este artigo via:

Entra na toca da doninha.
Junta-te ao clube de fãs oficial